5 técnicas de acabamento na costura que você precisa conhecer

O artesão deve buscar sempre evoluir em seus trabalhos, procurando assim um maior aperfeiçoamento a cada dia. Quando o assunto são as técnicas de acabamento na costura, também deve haver um aperfeiçoamento constante para que seu trabalho se torne o mais perfeito e versátil possível. Assim, você saberá quais as melhores técnicas usar, em quais tecidos e em quais peças utilizá-las para garantir o sucesso em sua empreitada.

Pensando nisso, separamos para você as 5 principais técnicas de acabamento na costura, para que você saiba como elaborar peças com acabamento impecável e garantir clientes cada vez mais satisfeitos. Vamos lá?

1. Costura francesa
Entre as técnicas de acabamento na costura, essa sem dúvidas é uma das mais usadas. Isso porque ela é capaz de substituir até mesmo o acabamento do overloque e pode ser feita na maioria das peças, tornando o avesso quase tão perfeito quanto o lado direito da peça. Apesar de não ser muito indicada para tecidos mais grossos, esse recurso pode ser usado ao máximo para os outros.

2. Rebatida
A técnica de costura rebatida, também conhecida como técnica inglesa, é a mais utilizada nas camisas sociais. Mas ela também pode ser usada nos mais diversos tipos de tecidos e confecções, unindo diversos materiais, desde os mais leves até os mais encorpados. Além disso, a costura rebatida pode ser usada em passadores e barbatanas, por exemplo.

3. Picotar
Para os tecidos que contam com um alto risco de acabar desfiando, uma técnica de acabamento muito utilizada é a de picotar, que tem uma vantagem a mais no acabamento: o efeito de picote nas extremidades. Por mais complicado que isso possa parecer, essa técnica, na verdade, é bem simples de ser realizada com a utilização de uma tesoura, que já efetua o corte com efeito picotado.

4. Ziguezague
Bastante usado para o acabamento nas confecções em malha ou demais tecidos que esticam, já que promove uma certa elasticidade à costura pelo seu formato, o ziguezague pode ser utilizado no acabamento de tecidos que desfiam. Nesse caso, ele deve passar rente à borda da costura.

O ziguezague é muito eficaz e bem simples de ser feito, com ou sem a utilização de máquina de costura.

5. Hong Kong
Nessa técnica, bastante empregada nas peças de alfaiataria para o verão — por ser confeccionada, na maioria das vezes, sem a colocação de forro nas peças —, é aplicado viés no acabamento, dando um toque perfeito ao acabamento na peça.

Fonte: blog.eduk.com.br

Compartilhe